Tecnologia

Fundo dono do Peixe Urbano compra startup de patinetes Grow

Somente três cidades (São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba) ainda têm o serviço da empresa, que deixou outras 14 em janeiro

Patinetes da empresa ainda são oferecidos em São Paulo e outras 2 cidades brasileiras. Foto: Shutterstock
Read in english
  • O valor do negócio, segundo o jornal Valor Econômico, não foi revelado;
  • Mas ainda na segunda-feira fontes disseram ao Estadão que a Grow seria vendida ao Mountain Nazca por US$ 1. O valor seria simbólico, já que o novo dono receberá as dívidas da empresa. 

O controle acionário majoritário da Grow Mobility, startup que nasceu da fusão da mexicana Grin, de aluguel de patinetes elétricos, com a brasileira Yellow, de bicicletas compartilhadas, no início de 2019, agora pertence ao grupo Mountain Nazca, fundo que possui em seu portfólio empresas como Peixe Urbano e Groupon LatAm.

O valor do negócio, segundo o jornal Valor Econômico, não foi revelado. Ainda na segunda-feira, fontes tinham revelado ao Estadão que a Grow seria vendida ao Mountain Nazca por US$ 1. O valor seria simbólico, já que o novo dono receberá as dívidas da empresa. 

LEIA TAMBÉM: Uber traz patinetes elétricos ao Brasil

Como parte de uma tentativa de reestruturação rumo a uma operação mais sustentável, a Grow havia anunciado em janeiro deste ano uma redução na operação, saindo de 14 cidades brasileiras e suspendendo em todas as praças onde atuava o aluguel de bicicletas, mantendo apenas a oferta de patinetes elétricos. A Rappi, que vinha usando a estrutura da holding, numa espécie de aluguel de equipamentos, também saiu das mesmas 14 cidades na ocasião.

LEIA TAMBÉM: App “número 2” no Brasil, 99 foge dos patinetes e separa operação de delivery

Somente três cidades (São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba) ainda têm o serviço da Grow.