Tecnologia

AliExpress planeja abrir centro de distribuição no Brasil

A gigante do comércio eletrônico planeja resolver questões de logística em um de seus cinco maiores mercados

AliExpress planeja abrir centro de distribuição no Brasil

Seguindo os passos de outro grande varejista, o AliExpress planeja aumentar os investimentos para resolver um grande gap em suas operações no país: logística. Segundo informações do Estadão, o e-commerce chinês está pensando em abrir um centro de distribuição no país, acelerando o tempo de entrega de quem faz compras em sua plataforma. O mesmo foi feito pela gigante varejista de Jeff Bezos, Amazon, que inaugurou em janeiro um centro de distribuição na região metropolitana de São Paulo.

O Brasil é um dos cinco maiores mercados do AliExpress – enquanto a subsidiária do Alibaba é o comércio eletrônico internacional em que os brasileiros mais compram. É precisamente para sustentar – e aprimorar esse vínculo – que o varejista chinês está pensando em melhorar as operações de logística no país, podendo oferecer uma entrega mais rápida aos consumidores brasileiros.

LEIA TAMBÉM: Gigante do e-commerce AliExpress lança loja de experiências no Brasil em parceria com o EBANX

Uma ação estratégica, fornecer soluções para melhorar seu tempo de entrega – seja pela abertura de um centro de distribuição ou estabelecendo parceria com empresas de logística no país – colocaria o Aliexpress em uma posição ainda mais competitiva. Enquanto na China, o e-commerce é capaz de entregar produtos em até 30 minutos, no Brasil, esse prazo pode levar mais de um mês.