Negócios

O unicórnio brasileiro Gympass anuncia novo CEO no México

A empresa que recebeu um investimento recente do Softbank está focada não apenas na expansão da operação no México, mas também na Argentina e no Chile

Gympass contrata novo CEO para o México

Estresse, depressão, síndrome de burnout e ansiedade são conhecidas como as doenças deste século em todo o mundo. Na América Latina, isso não é diferente e tudo isso tem efeito direto na produtividade da maioria das empresas.

A saúde não é mais apenas uma questão pessoal, mas também um problema de negócios. E foi nesta lacuna que o Gympass encontrou uma maneira de criar uma solução para todos saírem ganhando. Ao oferecer mais opções de academias e exercícios aos funcionários com mensalidades mais baixas, eles conseguiram melhorar a qualidade de vida dos funcionários de diversas empresas, por outro lado estes planos B2B também oferecem a empresa uma solução para aumentar a produtividade e ter funcionários mais felizes.

LEIA TAMBÉM: Gympass está mirando na conquista de pequenas e médias empresas para continuar expandindo globalmente

E esse modelo de negócios já bem-sucedido no Brasil está começando a crescer também na América Latina. Depois de anunciar a expansão para o México, Argentina e Chile, agora o Gympass está realmente se esforçando para conquistar um ritmo de crescimento acelerado nestes novos mercados, começando pelo México.

O Gympass anunciou a contratação de Lucas Melman como o novo CEO da operação do México, segundo a Contxto. O executivo tem anos de experiência em expansão de negócios na América Latina e já trabalhou em outros grandes projetos na região, como iFood, SinDelantal e Mensajeros Urbanos. “Estamos focados em continuar aumentando nossas operações locais a uma taxa acima de 100% ao ano”, revelou Lucas Melman sobre seus desafios e metas no mercado mexicano no comunicado à imprensa.

O Gympass já tem mais de 3.800 academias disponíveis no aplicativo em mais de 584 cidades do México, segundo a Contxto. Em toda a operação na América Latina, o unicórnio brasileiro mantém parcerias com mais de 65.000 academias, uma operação que gerencia mais de $ 6 bilhões por ano.