Negócios

Gigantes da tecnologia perderam quase meio trilhão de dólares devido ao coronavírus

Amazon foi a única do grupo a escapar praticamente ilesa

Facebook sofreu com os cortes em publicidade. Foto: Shutterstock
Read in english
  • As ações do Facebook caíram 15% desde que a OMS declarou emergência de saúde pública;
  • Os investidores acreditam que a Amazon pode aumentar as vendas on-line enquanto as pessoas ficam mais em casa.

Desde 30 de janeiro, quando a Organização Mundial da Saúde declarou o surto de coronavírus uma emergência pública, as cinco empresas de tecnologia mais valiosas perderam quase US$ 460 bilhões em valor de mercado, segundo a CB Insights. A Amazon é a única no grupo que não viu suas ações afundarem.

Os papéis do Facebook caíram 15% durante esse período, principalmente devido à queda nos gastos com publicidade. Uma desaceleração na indústria chinesa pode estar afetando o desenvolvimento dos headsets de realidade virtual da empresa. O Facebook também cancelou sua conferência de desenvolvedores F8 em favor de um evento virtual.

LEIA TAMBÉM: Amazon ajudará pequenas empresas afetadas por coronavírus

As ações da Apple caíram 11,9%, com a epidemia afetando a demanda e a produção na China. O fabricante do iPhone viu uma queda de 60% ano a ano nas vendas de smartphones.

As ações da Microsoft caíram 6,9% nas últimas seis semanas até ontem, enquanto a Alphabet, controladora do Google, perdeu 12,4% em valor de mercado. A empresa cancelou o Google I/O, sua conferência anual de desenvolvedores que aconteceria em maio.

A Amazon ganhou 1,1% no mesmo período. O gigante do comércio eletrônico pode ganhar com as pessoas cada vez mais evitando lugares públicos. À medida que mais consumidores trabalham e estudam em casa como precaução contra o coronavírus, a Amazon pode fortalecer seu relacionamento com seus clientes online.