Negócios

BMW e GM abrem lojas online no Mercado Livre para compensar queda recorde nas vendas

Após ver a produção de abril retrair 99%, montadoras tentam abrir mais espaço nos canais online

Loja online da BMW no Mercado Livre. Imagem: Captura de tela
Read in english

Após ver a produção de abril retrair 99% e registrar o pior resultado em vendas dos últimos 14 anos, as montadoras de veículos do Brasil estão tentando desbravar os canais online para amenizar o impacto trazido pela crise da COVID-19. As marcas BMW e General Motors (GM) anunciaram a abertura de lojas exclusivas no Mercado Livre, a maior plataforma de e-commerce da América Latina.

LEIA TAMBÉM: Investimento em inovação e digitalização oferece a única saída fortalecida da crise

A loja da BMW foi a primeira a estrear, com veículos novos e usados, dos segmentos Premium Selection e MINI Next. A loja digital vai reunir o estoque integrado de toda a rede de concessionárias do Brasil e os clientes poderão negociar diretamente o modelo escolhido sem intermediário.

LEIA TAMBÉM: Via EBANX, sites internacionais aceitarão cartão virtual de débito da Caixa

A marca Chevrolet, da GM, terá uma página própria no portal conectada à rede de revendas de todo o País. A estreia será na próxima semana, inicialmente com a venda do SUV Tracker. O interessado terá de depositar R$ 1 mil por meio da plataforma Mercado Pago para reservar o veículo e a empresa  se compromete a levar o carro para o consumidor testar e a entregar o modelo após a compra.

As montadoras seguem a tendência de compras online no país. Dados da Kantar indicam que, ao longo do mês de abril, a fatia de consumidores que consideram adquirir produtos pela internet dobrou.