Economia

Pela primeira vez desde a crise de 2009, México registra contração no PIB

Baixo desempenho da indústria e do setor de serviços influenciaram resultado

Pessoas esperam no metrô da Cidade do México.
Read in english
  • No ano, o país teve uma contração de 0.4%;
  • Se o baixo desempenho da economia mexicana se confirmar no número oficial de 2019, que deve ser divulgado no dia 25 de novembro, o país irá completar nove meses de crescimento nulo.

Segundo uma prévia do Instituto Nacional de Estatísticas e Geografia do México (Inegi), o Produto Interno Bruto (PIB) do México registrou um avanço de apenas 0.1% no terceiro trimestre de 2019. No ano, o país teve uma contração de 0.4%. É a primeira vez que a economia mexicana recua em termos anuais desde o quarto trimestre de 2009, ano no qual estourou a crise global causada pelos empréstimos subprime nos EUA.

LEIA TAMBÉM: Crise global e uma Guerra Fria entre EUA e China: as perpectivas de Nouriel Roubini

Segundo o El Financiero, a queda foi provocada pelo mau desempenho do setor secundário, a indústria, que caiu 1.8%, e pela falta de reação do setor de serviços, que teve crescimento nulo no período, de acordo com. 

Ainda de acordo com o jornal, se o baixo desempenho da economia mexicana se confirmar no número oficial de 2019, que deve ser divulgado no dia 25 de novembro, o país irá completar nove meses de crescimento nulo.