Facebook Icon Twitter icon Linkedin icon
Negócios

Por que o Spotify é a primeira empresa de streaming de música que irá aderir a Libra

A criptomoeda do Facebook já conta também com outros parceiros como Uber, Lyft, Mastercard, PayPal e Visa.

Enviar por e-mail
Por que o Spotify irá adotar a Libra
  • Com a adoção da Libra, o Spotify pretende atingir um público de 1,7 bilhões de adultos desbancarizados e com potencial para inscrever-se na plataforma.
  • Considerando que os mercados emergentes não tenham uma data oficial de lançamento para a Libra, o mercado do Sul da Ásia é o que tem maior potencial de crescimento após a adoção do método de pagamento.

Na semana passada, o Facebook foi o centro das atenções do mercado global após anunciar a sua própria criptomoeda. E entre os primeiros parceiros oficiais do projeto, há apenas uma plataforma de música: o Spotify.

Em um comunicado oficial no blog do Spotify, a empresa explica que o que a motivou a adotar a Libra é promover acesso, especialmente para a população mundial sem banco, que não tem acesso a dinheiro móvel, contas bancárias ou cartões de crédito ou débito.

“Um desafio para o Spotify e seus usuários em todo o mundo tem sido a falta de sistemas de pagamento acessíveis a todos – especialmente para aqueles em mercados financeiramente desassistidos. Isso cria uma enorme barreira para o nosso trabalho de promover vínculos entre criadores e seus fãs. Ao ingressar na Associação Libra, há uma oportunidade de alcançar uma nova fatia do mercado para o Spotify, eliminar o atrito e permitir pagamentos em larga escala ”, explica Alex Norström, diretor de negócios premium da Spotify.

O mercado do sul da Ásia, no qual o Spotify já é bem-sucedido, é a grande para a adoção de Libra. Na região, mesmo que os smartphones tenham uma grande penetração na região, os consumidores ainda são limitados por planos de dados e condições de rede, segundo a Forbes. A criptomoeda do Facebook é um dos métodos anunciados pelo Spotify para superar essas barreiras e continuar crescendo.

Por enquanto, o Facebook não anunciou uma data oficial de lançamento da Libra para os mercados emergentes, mas considerando o atual sucesso do Spotify na América Latina, ela com certeza também poderia ser oferecida aos latino-americanos como uma solução diferente para dar acesso à população desbancarizada. Vamos esperar para ver!

Você também pode gostar