Facebook Icon Twitter icon Linkedin icon
Negócios

Facebook uma nova criptomoeda global: Libra

Enviar por e-mail
  • A Libra será lançada em 2020
  • eBay, Uber, Spotify e Visa estão confirmados no projeto
  • O Facebook criou uma subsidiária independente chamada Calibra que irá construir as funcionalidades que permitem transações de envio, gasto e economia de Libras.

O Facebook está entrando de cabeça no universo financeiro. A empresa de Mark Zuckerberg anunciou hoje o lançamento de uma nova criptomoeda chamada Libra, especificada de acordo com os padrões de valores de moedas da Ancient Roman.

A principal razão para o lançamento da moeda é tornar possível as transações financeiras em entre todas as plataformas da empresa, como o WhastsApp, Instagram, Messenger e, obviamente, Facebook. “(Com a Libra) Nossa intenção é fazer com que todo mundo possa transferir e receber dinheiro de forma tão fácil quanto recebem e mandam mensagens ou fotos em nossos apps“, declarou Zuckerberg em seu perfil oficial do Facebook.

De acordo com o The Wall Street Journal, o lançamento oficial irá acontecer em meados de 2020, mas enquanto isso a empresa já anunciou parcerias com grandes players como Mastercard, PayPal, Stripe e Visa, além de contar também com populares ecommerces e serviços como Booking, eBay, Farfetch, Lyft, Farfetch, Spotify e Uber.

Zuckerberg declarou que a Libra foi idealizada com tecnologia blockchain, que permite um sistema mais justo, equilibrado e seguro para os usuários. “Estará disponível para todo mundo que esteja conectado a internet e com taxas e custos muito baixos”, ele afirmou e complementou com mais informações sobre a nova organização criada dentro do grupo do Facebook, Calibraque será responsável por permitir que vocês possam enviar, gastar e economizar Libra – começando pela criação de uma carteira digital que será disponibilizada para o WhatsApp e o Messenger como aplicativos independentes no próximo ano“.

A empresa disse também que a solução estará integrada com mais de 25 parceiros como Libra Association, uma entidade com sede em Genebra. Após o anúncio, as ações do Facebook subiram mais de 2%.

Você também pode gostar