Facebook Icon Twitter icon Linkedin icon
Importadores

Qual a diferença entre Alibaba e AliExpress?

Enviar por email para ler depois

Os nomes são parecidos e eles ainda pertencem ao mesmo grupo. Afinal, qual é a diferença entre comprar no Alibaba ou no AliExpress?

O Alibaba, na verdade, é quase como o pai da grande maioria dos ecommerces chineses. Nasceu em 1999 (Sim! Tá fazendo 20 anos!) com a ideia de ser uma plataforma online para facilitar a conexão entre fabricantes da China com compradores de qualquer lugar do mundo.


O negócio deu tão certo que o Alibaba virou, posteriormente, o Grupo Alibaba e fundou outros ramos de atuação: e aí chegou o AliExpress – mais de 10 anos depois.

Mas as diferenças vão além de ano de fundação.

O AliExpress, o irmão mais novo do Alibaba, veio com a proposta de vender direto para o consumidor final. Eu, você, seu irmão ou tia que querem comprar artigos de qualidade, em pouca quantidade e com preço justo.

O Alibaba, por outro lado, é uma plataforma com uma pegada B2B (Business to Business). As empresas e fabricantes da China cadastram produtos na plataforma com o objetivo de vender para outras empresas de diferentes lugares do mundo.

É um site bem direcionado para pessoas que querem comprar para revender, entende? Serve para donos de pequenas, médias e grandes lojas em diferentes segmentos que precisam adquirir várias unidades de um mesmo produto. Eletrônicos, vestuários, produtos de beleza e artigos de decoração (só um pequeno exemplo da variedade que você encontra por lá).

Isso não quer dizer que você precisa ter um CNPJ ou um MEI para comprar no Alibaba. Um CPF já resolve! Leia mais sobre isso aqui.

Qual o perfil dos compradores?

Foi-se o tempo em que comprar na China era sinônimo de comprar bugiganga. Hoje, os ecommerces como AliExpress e Alibaba recebem pessoas do mundo todo que buscam segurança nas transações, preços baixos e qualidade nos produtos.

Compradores da China
O perfil de quem compra da China

A competitividade nos preços vem muito em função do custo de fabricação das mercadorias lá na China. É consideravelmente mais barato produzir na China do que no Brasil, seja pela escala de produção (lá eles conseguem fabricar muito mais com menos esforço), leis trabalhistas e impostos. Isso não significa, porém, que os produtos fabricados por lá não tenham qualidade. Muito pelo contrário: o iPhone, Samsung Galaxy ou o tablet que você está usando agora foram todos produzidos lá.

Quem compra na China hoje sabe que é um mercado que está se especializando e ganhando cada vez mais adeptos. No Brasil, por exemplo, o EBANX cuida da intermediação e segurança das transações financeiras que os brasileiros fazem lá no outro lado do mundo e que cresce a cada ano que passa. É super seguro.

No caso do Alibaba é preciso ainda considerar, além da qualidade, segurança e preços baixos, o interesse que o microimportador brasileiro tem na plataforma. Lá é possível comprar ótimos produtos para revender aqui no Brasil. E o preço mais em conta, no final, dá espaço para mais lucro e investimento no próprio negócio.

O que AliExpress e Alibaba têm em comum?

Além de pertencerem a um mesmo grupo e de serem sites da China, o Grupo Alibaba – comandado pelo CEO Daniel Zhang, tem uma outra característica semelhante nas duas plataformas que interessa (E MUITO) para os brasileiros e merece um destaque e um parágrafo especial.

Tanto AliExpress como Alibaba aceitam pagamentos realizados por boletos. Aliás, veja nossa explicação bem detalhada de como comprar no Alibaba com boletos. Uma ótima alternativa para quem não tem cartão de crédito e, mesmo assim, que trazer produtos da China para uso próprio ou revenda.

Outra coisa muito legal dos boletos no Alibaba ou AliExpress: você compra na China e ainda paga em real! O boleto já vem com os valores convertidos e você tem uma noção exata de quanto vai precisar desembolsar.

Os caminhos para comprar no AliExpress e no Alibaba

Uma das formas de entender bem a diferença entre Alibaba e AliExpress é dar uma navegada pelos dois sites. Pesquise um produto que você tenha interesse em comprar e veja como cada site funciona.

Neste exemplo aqui pesquisamos pelo termo “jaqueta masculina” nas duas plataformas.

No AliExpress você pode comprar qualquer uma das jaquetas masculinas que aparecem naquela tradicional forma de efetuar compras online: clique no produto, adicione ao carrinho, insira os dados do cartão, endereço e pronto! A jaqueta, em pouco tempo, já vai estar a caminho da sua casa. Você paga o preço anunciado e não há variação de acordo com o número de peças que comprar.

No Alibaba o processo é outro. Primeiro porque todos os produtos têm variação de preço de acordo com o número de unidades adquiridas. Segundo porque, antes de comprar, você precisa indicar o número de peças que vai encomendar (sempre respeitando o mínimo definido pelo vendedor) e pode fazer uma oferta para a empresa que está oferecendo o artigo. Nesse momento é possível negociar com o vendedor, sugerindo um preço mais em conta, por exemplo, pelo produto.

Outra diferença aparece na opção de pedir uma amostra do item e no espaço para inserir orientações ao vendedor sobre embalagem, personalização e outras informações que julgar necessário.

Só depois de informar tudo isso, se o vendedor concordar com as condições, é que você passa para o próximo passo: comprar (finalmente!).

É por esses detalhes que o ideal mesmo é entrar no Alibaba apenas se você for um importador ou microimportador e quiser comprar produtos para revender. Caso sua situação não seja essa, a dica é seguir para o AliExpress e aproveitar os diversos cupons de descontos e oportunidades que o site sempre traz para a galera.

Leave your comment

* *

Você também pode gostar