Facebook Icon Twitter icon Linkedin icon
Ecommerce

Dia das Crianças na América Latina: Resultados da sazonalidade em 2018 por país e tendências para o futuro

Confira como foi o desempenho de vendas no dia das crianças no Brasil e principais países da América Latina.

Enviar por email para ler depois

Quem trabalha com comércio sabe da importância das datas sazonais para o lucro da empresa. Na maioria dos casos, as lojas apresentam um aumento considerável nas vendas durante estas datas e, consequentemente, de receita. O Dia das Crianças, por exemplo, é uma das sazonalidades mais importantes para o setor comercial.

Para se ter uma ideia, só no Brasil o setor de e-commerce teve uma receita de R$1,82 bilhão com a data. Confira agora como foi o desempenho de vendas desta data no Brasil e em outros países da América Latina.

As diferentes datas para o Dia das Crianças

O Dia das Crianças é comemorado em diferentes épocas ao redor do mundo. Mesmo que cada país escolha a sua própria data para celebrar os pequenos, o UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) convencionou 20 de novembro como o Dia Mundial da Criança.

No Brasil, o Dia das Crianças é comemorado no dia 12 de outubro. Apesar da data ter sido estabelecida por um projeto de lei do deputado federal Galdino do Valle Filho em 1924, foi só em 1955 que ela virou uma unanimidade no país. Neste ano, várias empresas realizaram uma campanha de marketing chamada “semana da criança”, que foi um sucesso de vendas.

Já no México, a data é celebrada no dia 30 de abril, por conta de uma declaração assinada pelo presidente em exercício em 1924, Álvaro Obregón. Enquanto na Argentina o Dia das Crianças é celebrado no terceiro domingo de agosto. Esta data foi escolhida por conta de fatores econômicos e empresariais.

No Chile, a comemoração da data já mudou alguma vezes de dia. Foi só em 1990, quando a Lei da Convenção sobre os Direitos da Criança foi promulgada, que se estabeleceu o segundo domingo de agosto como o Dia das Crianças.

Desempenho das vendas no Dia das Crianças de acordo com o país

Brasil

De acordo com um monitoramento feito pela Ebit Nielsen, as vendas nos e-commerces brasileiros registraram R$ 1,82 bilhão de receita no último Dia das Crianças. A Boa Vista SCPC, as vendas no comércio brasileiro para o Dia das Crianças neste ano cresceram 2,2% em relação ao mesmo período em 2017. É o segundo ano consecutivo em que as vendas apresentam crescimento, após os números terem caído em 2016 e 2015. Para a organização, este aumento está ligado ao reaquecimento do mercado de trabalho e consumo no Brasil.

Em uma outra pesquisa, feita pelas equipes da Vindi, Neoassist e MindMiners, foi identificado o perfil dos compradores para o Dia das Crianças. De acordo com o estudo, os 5 principais presentes para esta data são: brinquedos (72,6%), roupas (39,3%), calçados (26,5%), games (22,1%) e livros (19,3%), sendo que 72,9% dos compradores gastaram até R$ 200 nos itens.

Além disso, 75,7% dos entrevistados afirmaram terem pesquisado os preços online antes de comprar o presente. Mesmo assim, 53,3% preferem ir até a loja física para garantir o produto, enquanto 33% consideraram indiferente em qual plataforma vão comprar.

O cartão de crédito foi a principal forma de pagamento, tenha sido usado em 95,15% das vezes. De todos os compradores, apenas 18,86% preferiram fazer a compra à vista, enquanto 81,14% escolheram pagar à prazo, sendo a maioria para 30 dias (69,39%) e em 6 vezes (9,07%).

México

Assim como em outros lugares do mundo, a data é um fator considerável de aumento de vendas em alguns segmentos do mercado mexicano. Segundo uma pesquisa da Nielsen, a categoria de doces registrou um aumento médio de 66% em suas vendas, enquanto os brinquedos cresceram 52% em relação ao mesmo período em 2017.

Em um país em que 32,8% da população tem entre 0 e 17 anos, o Dia das Crianças é uma excelente oportunidade para os negócios. Além dos presentes, um estudo feito pela Kantar Worldpanel identificou que as famílias mexicanas também aproveitam a data para realizar algumas atividades como ir ao cinema, parque de diversões ou até mesmo realizar viagens.

Argentina

Por conta da crise econômica que o país tem passado, o Dia das Crianças de 2018 na Argentina teve uma pequena queda (3.3%) em relação ao mesmo período do ano anterior, com um gasto médio de 665 pesos por pessoa.

Apesar da pequena redução, a categoria de brinquedos teve um crescimento de 1% durante esta sazonalidade. O que ficou claro, de acordo com a CAME (Confederación Argentina de la Mediana Empresa) é que as vendas foram realizadas, mas para presentes de menor valor.

Além disso, muitas famílias optaram por aproveitar a data e sair com os pequenos para cinema, teatro, almoço e viagens curtas. A CAME consultou várias empresas para entender os seus desempenhos no Dia das Crianças. 22,6% indicaram um aumento de venda, enquanto 61% recuaram e 16,4% permaneceram inalteradas. Ainda falando sobre o número de vendas, mais de 75% dos presentes comprados para o Dia das Crianças foram parcelados em 3 vezes sem juros.

Uma pesquisa feita pela consultora Foco Mercado determinou que as compras realizadas para o Dia das Crianças foram feitas, respectivamente, em lojas físicas (43%), online (17%), supermercados (15%) e shoppings (25%).

Chile

No Chile, a situação é bastante parecida com a dos outros países latino-americanos. Em um estudo feito pelo CCS junto com a Snuuper identificou-se que os brinquedos ainda são a opção favorita de presentes (27%), seguido de vestuário (15%), tecnologia (8%), jogos de tabuleiro (7%) e doces (7%). Vale ressaltar que 90% dos entrevistados declaram que as promoções são fundamentais para escolher o produto.

De acordo com o CCS (Cámara de Comercio de Santiago) os chilenos desembolsaram entre 10 mil e 20 mil pesos nos Dia das Crianças. Apesar de ter crescido pouco no mês de agosto (0,7%), o comércio chileno de vestuário encontrou na data uma forma de aumentar os seus indicadores. Segundo o CNC (Cámara Nacional de Comercio, Servicios y Turismo de Chile), o setor teve um aumento de 2,5% nas vendas.

Como o Dia das Crianças pode ser uma boa estratégia de vendas?

Como já mencionamos em momentos acima, as datas sazonais são de extrema importância para garantir o lucro do comércio. Quem deseja aumentar as suas vendas em diferentes períodos do ano tem no Dia das Crianças uma oportunidade de ouro. Como esta data é comemorada em diferentes épocas ao redor da América Latina, o empreendedor encontra uma chance de aproveitar a sazonalidades de outros países e garantir uma maior lucratividade no ano.

Alguns países latino-americanos, como a Argentina, vêm passando por uma crise econômica. Apesar de não afetar tanto o número de vendas, este tipo de situação mudou a forma de comprar da população. Agora, o parcelamento tornou-se uma opção ainda mais relevante para os argentinos.

Este novo cenário exige algumas adaptações, em especial para os e-commerces internacionais. Por exemplo, um chileno vai preferir pagar um pouco mais caro e conseguir parcelar a sua compra em um site do próprio país, do que pagar mais barato e à vista em um e-commerce brasileiro.

A boa notícia é que este problema pode ser resolvido com a adoção de métodos de pagamentos locais em sua loja eletrônica. Com o EBANX o empreendedor consegue oferecer ao consumidor formas de pagar a sua compra com métodos de seu país, como o Cupón de Pago na Argentina e Multicaja no Chile.

Permitir o pagamento por cartão de crédito nacional com a opção de parcelamento do valor é um processo vantajoso para o consumidor que não precisa se preocupar com impostos adicionais e nem cotação de moeda, e para o empreendedor que recebe o valor que foi pago em sua loja sem a interferência das variações na taxa de câmbio.

Conclusão

As sazonalidades são uma excelente oportunidade de negócio em todo mundo. Quando falamos de Dia das Crianças as vantagens são ainda maiores porque a data é comemorada em épocas diferentes na América Latina. Agosto, por exemplo, é um mês sem sazonalidades no Brasil, por outro lado é quando é comemorado o Día del Niño no México e Chile.

Se você está procurando novas formas de lucrar com o seu e-commerce, pense no Dia das Crianças como uma estratégia de vendas, estude detalhadamente o mercado e adote métodos de pagamentos locais para sair na frente dos concorrentes.

Leave your comment

* *

You might also like