Facebook Icon Twitter icon Linkedin icon
Ecommerce

O crescimento constante do mercado de cosméticos e beleza no México

Enviar por email para ler depois

O mercado global de cosméticos vem mantendo um crescimento médio de 3,8% ao ano, sendo que em 2017 o índice foi de 5% de expansão. Esse dado nos mostra que, mesmo com a crise econômica global, este é um mercado que não é impactado tão facilmente.

Ásia e América do Norte lideram o ranking mundial de consumo, seguidas do Oeste Europeu e América Latina, sendo que esta última deteve 11% de todo o mercado em 2017.

Analisando a América Latina mais detalhadamente, chegamos ao Brasil como líder mundial na produção de cosméticos, seguido do México, Chile e Colômbia.

Percebeu que este é o seu momento de se tornar internacional? Saiba como vender para o exterior e se dar bem!

O panorama do mercado de cosméticos na América Latina

No início de 2018, o superávit comercial brasileiro do setor de cosméticos foi de 9,6 milhões, indicando um crescimento de 16,5% na venda de cosméticos para o exterior. A estimativa é de que em 2018 o segmento fature 118,2 bilhões de reais, uma clara demonstração de recuperação das vendas.

cross-border-insights

Material exclusivo!

Descubra como começar a vender online para a América Latina em apenas 6 passos e leve seu negócio a outro nível!

A retomada do crescimento no setor tem muito a ver com as possibilidades que as vendas online trazem, juntamente com as facilidades do pagamento digital. É possível vender cosméticos para o exterior sem muitas complicações, e assim tornar o seu negócio internacional. Mas, para quais países vender?

México: uma grande oportunidade para o mercado de beleza brasileiro

Enquanto o Brasil viu as vendas de cosméticos caírem nos últimos anos, o México sofreu o efeito inverso: um crescimento de 11% ao ano, o dobro da América Latina.

Segundo a Cámara Nacional de la Industria de Productos Cosméticos (Canipec), essa expansão coloca o país como segundo mercado mais importante da indústria de cosméticos da América Latina.

E as expectativas do setor seguem positivas: de acordo com a Euromonitor, o segmento deve chegar a 13% de crescimento até 2022, especialmente no setor de beleza masculino, que representa 15,7% da receita deste mercado.

O gasto médio do mexicano com produtos de beleza é de 3.580 pesos ao ano, o que corresponde a, aproximadamente, R$ 728,13.

Aproveitar esse momento positivo do mercado mexicano para vender cosméticos para o exterior é uma excelente oportunidade para e-commerces brasileiros especializados em cosméticos importados.

O poder dos e-commerces de beleza no México

Durante o ano de 2017, o mercado de e-commerce de moda e beleza mexicano cresceu 22%, o que representou um faturamento de 2262 milhões de dólares.

O perfil do consumidor online mexicano é composto majoritariamente por homens (56%), de 18 a 34 anos, empregado em tempo integral, com filhos e renda na faixa AB, segundo a Forbes. Os acessos à internet ocorrem em casa, no trabalho e por meio de dispositivos mobile, como smartphones.

De 2015 para 2016, o crescimento do comércio eletrônico no México deu um grande salto, aumentando 28,3%. A cada quatro vendas, três são realizadas no mobile, destacando a importância de se desenvolver estratégias de marketing digital para esses dispositivos.

Os marketplaces ocupam um papel central entre as estratégias para vender online para o exterior, uma vez que facilitam o ingresso de comerciantes estrangeiros no mercado mexicano e possibilitam ampliar as vendas sem investir em grandes infraestruturas.

Quais produtos vender em sua loja de cosméticos online?

Uma pesquisa realizada com base no comportamento de buscas do mexicano no Google por termos relacionados ao mercado de beleza revelou quais são as marcas preferidas desse público.

Mary Kay, Natura, Avon e NYX figuram entre as marcas de produtos de beleza mais consumidas no país, no entanto, existe espaço para lojas de cosméticos online que estão ingressando no segmento e procurando estabelecer-se em mercados prósperos.

Segundo estatísticas do Canipec, produtos de cuidado com o cabelo e a pele são os mais buscados pelos consumidores mexicanos, representando 40% do mercado de venda de cosméticos e produtos de beleza. Na sequência, os produtos mais representativos são os perfumes (14%), maquiagem (13%) e cuidado oral (8%).

O aumento da preocupação com a aparência e o bem-estar, somado à adoção de um estilo de vida mais saudável faz com que os mexicanos procurem por produtos de beleza com maior frequência, especialmente no que diz respeito tange ao público masculino, como informa o site El Financiero.

Como iniciar suas vendas online para o México

O ponto de partida para vender cosméticos importados para o México é ter um site preparado para as vendas, isto é, um e-commerce.

Além de expor seus produtos de forma atrativa, com imagens de alta qualidade e descritivos completos, é necessário otimizar cada página de produto com técnicas de SEO (Search Engine Optimization) para que seu site seja encontrado no Google México.

Para tanto, realize pesquisas de palavras-chave mais buscadas no país relacionadas a cosméticos. Ferramentas como Google Keyword Planner, SemRush e KWFinder podem ajudá-lo, assim como profissionais especializados em SEO e posicionamento web.

Ter uma conexão segura (SSL) é fundamental para quem lida com pagamentos online, afinal, a privacidade dos dados dos seus consumidores deve ser preservada.

O passo seguinte é planejar o seu carrinho de compras e o check out dos clientes, de forma que o processo de fechamento da compra seja o mais rápido e transparente possível.

Oferecer diversas formas de pagamento é outro fator a ser considerado na sua loja de cosméticos online, a fim de motivar as compras. É fundamental certificar-se sobre quais bandeiras de cartões de crédito são mais usadas no México, assim como formas alternativas de pagamento.

Como receber por suas vendas online no México

O México é um país onde a bancarização da população ainda é reduzida – apenas 39% da população possui conta bancária.

Para você ter uma ideia, existem 136 milhões de cartões de débito no México, contra apenas 31 milhões de cartões de crédito emitidos. Isso poderia significar dificuldade de vendas de cosméticos para o exterior, porém, já existem soluções que visam preencher essas lacunas e estimular o empreendedorismo internacional.

É o caso do EBANX, que conecta empresas de cosméticos que desejam vender para o exterior a consumidores prontos para realizar a compra de cosméticos importados. Com um parceiro de pagamentos, você diversifica suas formas de pagamento e facilita a aquisição de seus produtos em diversos países da América Latina, inclusive o México.

Isso porque, ao investir em métodos de pagamentos locais, você reduz os índices de carrinho de compras abandonado em seu e-commerce por falta de métodos de pagamento mais usuais para os mexicanos.

É mais facilidade para ambos lados – comprador e vendedor – e uma excelente maneira de expandir os negócios sem preocupação com métodos de pagamento.

Pronto para entrar no mercado de cosméticos mexicano?

Leave your comment

* *

Você também pode gostar