Facebook Icon Twitter icon Linkedin icon
Ecommerce

EBANX no Entrepreneur – Marque no seu calendário: A chave para o ecommerce da América Latina é conhecer as datas certas

Enviar por email para ler depois

*Este artigo foi traduzido do original em inglês, publicado no site Entrepreneur.

O ecommerce está decolando na América Latina. De acordo com uma pesquisa recente, as vendas online na região devem dobrar até 2021, atingindo 118 bilhões de dólares, com a Colômbia e a Argentina em ascensão como dois dos três mercados de ecommerce que crescem mais rápido no mundo. Além disso, o Brasil, maior economia da América Latina, já está entre os 10 maiores mercados de ecommerce globais.

Para marcas estrangeiras querendo aproveitar esse momento, existem alguns pontos importantes a serem considerados, mas nem todos são tão óbvios como você pensa.

Claro, expandir para a América Latina significa que você terá que adequar seu produto, marketing e serviços de atendimento ao consumidor para os idiomas locais. Mas ajustar o idioma e a comunicação do seu negócio é apenas a ponta do iceberg.

Existe outro detalhe importante, e muitas vezes negligenciado, para considerar quando você quiser vender para a América Latina: muitos feriados e datas promocionais que são relevantes para o varejo online acontecem em dias diferentes em relação ao resto do mundo.

5 datas importantes que são celebradas em dias diferentes

As marcas internacionais que querem conquistar a sua fatia do mercado latino-americano precisam estar atentas e levar em consideração essas diferenças sazonais. Primeiro porque conhecer as datas corretas permite oferecer descontos no momento certo. E o bônus é que algumas dessas datas – se você acertar – podem ser a oportunidade perfeita para o lançamento da sua marca nesses novos mercados.

Então, aqui estão as 5 datas sazonais celebradas em diferentes dias na América Latina:

Black Friday/Cyber Monday

A Black Friday e a Cyber Monday são duas das datas que mais confundem o varejo internacional. Enquanto em boa parte dos países elas tradicionalmente seguem o calendário dos Estados Unidos, sendo celebradas logo após ao Dia de Ação de Graças, comemorado na quarta quinta-feira do mês de novembro, na América Latina é tudo diferente.

No México, por exemplo, o evento mais importante de vendas é chamado El Buen Fin, que acontece no terceiro fim de semana de novembro. Esse ano, será de 16 a 19 de novembro.

Dia dos Pais

Nos Estados Unidos, o Dia dos Pais é celebrado no terceiro domingo de junho, assim como na Colômbia, Argentina e Equador. No entanto, no Brasil, o Dia dos Pais acontece no segundo domingo de agosto. Neste ano, dia 12 de agosto.

Dia dos Namorados

Enquanto nos Estados Unidos o chamado Valentine’s Day é celebrado no dia 14 de fevereiro, no Brasil, o Dia dos Namorados é comemorado no dia 12 de junho e está relacionado a outro santo: Santo Antônio.

A Argentina também tem hábitos diferentes: mesmo que a data seja a mesma dos Estados Unidos, a Argentina também tem uma celebração específica em julho, a Sweetness Week, ou Semana da Doçura, em português. Colômbia também tem outro feriado similar, chamado Día del Amor y la Amistad no terceiro sábado de setembro – neste ano, 15 de setembro.

Dia das Crianças

Um feriado muito importante para a América Latina, mas não oficialmente comemorado nos Estados Unidos, é o Dia das Crianças. Esse é um feriado bem comercial em vários países da América Latina, para os pais mimarem seus filhos com presentes e brinquedos. Mas a data muda. No Brasil, é no dia 12 de outubro, no México, dia 30 de abril, na Colômbia, acontece no último sábado de abril e, na Argentina, é no terceiro domingo de agosto.

Volta às aulas

Mesmo que não seja efetivamente um feriado ou data comemorativa, é muito importante que as marcas entendam as temporadas de férias escolares e volta às aulas. Nos Estados Unidos, os estudantes voltam para a escola no fim de agosto ou início de setembro. Mas, para muitos países no hemisfério sul, como Brasil, Argentina e Chile, os estudantes retornam às aulas em fevereiro ou março. Isso significa que o pico de compras para material escolar tradicionalmente acontece no início do ano.

Quantas vendas todas essas datas geram? E que produtos são mais vendidos?

Certamente algumas das datas mencionadas acima são mais relevantes para sites internacionais que querem vender seus produtos na América Latina – especialmente Black Friday, Cyber Monday e Dia dos Pais.

Assim, aqui estão alguns dados que mostram o quão grandes são essas três datas para os três principais mercados da América Latina:

Brasil: O ecommerce brasileiro vendeu 2,1 bilhões de reais, o equivalente a 560 milhões de dólares, na Black Friday de 2017. Dados do EBANX mostram que os nossos clientes com base nos Estados Unidos registraram aumento de 389% nas vendas online da Black Friday de 2017 em comparação com 2016.

Na Cyber Monday, o crescimento também é enorme: aumento de 351% nas vendas online no país em 2017 em relação ao ano anterior. Os brasileiros estão adotando essas datas para comprar online. Para o Dia dos Pais desse ano, a Associação Brasileira de Ecommerce está prevendo 7 milhões de pedidos, totalizando 2,24 bilhões de reais em vendas na internet (aproximadamente 600 milhões de dólares), entre 16 de julho e 4 de agosto.

México: No México, segundo maior mercado da América Latina, as vendas online e em lojas físicas na última edição do El Buen Fin faturou 110 bilhões de pesos mexicanos, aproximadamente 5,9 bilhões de dólares. Somente as vendas online alcançaram 2,5 bilhões de pesos mexicanos, ou cerca de 134 milhões de dólares.

Argentina: A última edição da Cyber Monday na Argentina registrou um aumento de 40% nas vendas online em relação ao ano anterior, alcançando um total de 4,34 bilhões de pesos argentinos, ou 160 milhões de dólares. A Cyber Monday também atraiu 2,35 milhões de consumidores, gerando até 200 transações por minuto.

Para marcas internacionais, expandir para esses mercados não é assim tão difícil. Os latino-americanos têm vários hábitos de consumo bem similares aos dos norte-americanos, ou seja, eles compram os mesmos tipos de produtos. Eletrônicos, artigos esportivos, roupas e acessórios e serviços de viagem são os mais populares, assim como nos Estados Unidos.

Como e quando começar a se preparar para essas datas

Para aproveitar ao máximo essas grandes oportunidades, é preciso ter algumas coisas em mente. Como você pode notar, os países da América Latina não são apenas diferentes dos Estados Unidos, eles também são diferentes entre si. Por isso, é essencial estudar cada mercado individualmente. Você também precisa preparar o seu inventário e ter um plano de logística organizado para as entregas, testar a estabilidade do seu site, ter uma estratégia consistente de promoção nas redes sociais e se assegurar de que seu ecommerce aceitará métodos de pagamentos locais.

Além disso, quando o assunto é a preparação para essas datas, lembre-se de que quanto antes você começar, melhor. Comece com pelo menos três a quatro meses de antecedência em relação à data desejada, para ter tempo suficiente de preparar o estoque e serviços de logística dos quais você precisará nesse momento.

Ainda, entregas internacionais de produtos dos Estados Unidos para um endereço na América Latina podem levar três semanas ou mais em alguns casos. Como muitas pessoas aproveitam a Black Friday para fazer compras de Natal, trabalhar com antecedência te dará a segurança de que você já tem o estoque necessário para garantir que os produtos serão entregues no tempo adequado.

Isso exige uma gestão inteligente dos seus estoques e conhecimento sobre quais são os carros-chefe entre os seus produtos para cada uma das datas.

Com planejamento antecipado e conhecimento sobre as diferenças das datas mais importantes, não há mais razões para que a expansão do seu ecommerce para a América Latina não seja um sucesso. Além disso, dado o fato de que players como Amazon já começaram a atuar na região, a hora de expandir é agora. Assim, você conseguirá se estabelecer até o início do próximo ano.

*Esse artigo foi traduzido do original em inglês, publicado no site Entrepreneur.

Leave your comment

* *

Você também pode gostar