Coleção A revolução low-cost na América Latina

Esta é a chamada final para uma mudança real no setor aéreo da região

As companhias aéreas de baixo custo acabam de anunciar sua chegada ao maior e mais complexo portão da região: o Brasil. Elas vão decolar em um mercado que já quebrou 11 empresas em um século?
Ainda não sabemos.
Apesar de algumas mudanças recentes, como a abertura do setor aéreo brasileiro – o maior mercado da América Latina – para capital estrangeiro, as companhias aéreas continuam lutando com altos impostos sobre combustíveis, custos trabalhistas e obrigações legais no país.
Nesse momento de novas possibilidades comerciais e esforços para uma economia mais diversificada na América Latina, no entanto, a chegada de empresas aéreas de baixo custo pode realmente atrapalhar o setor e ajudar a construir um novo ambiente para o mercado de viagens na região.
Embarque e descubra as oportunidades na região e os planos de JetSMART, Sky e Flybondi para os países da América Latina.
Boa viagem!