Théo Orosco e Felipe Roman, fundadores da Exact Sales.
Tecnologia

Parceira de gigantes de SAP e RD, Exact Sales quer dobrar de tamanho até 2020

Com investimento de R$ 15 milhões da Astella e aquisição da startup Resultys, Exact quer preparar internacionalização

Read in english

Desde o seu início em 2015, a receita da startup brasileira focada em pré-vendas Exact Sales foi multiplicada por dez e deve chegar a R$ 13 milhões este ano. Com o investimento de R$ 15 milhões recebido em outubro, liderado pelo fundo de capital de risco Astella, a empresa de 200 funcionários quer dobrar de tamanho até 2020 e melhorar sua plataforma principal, o software de segmentação e qualificação para potenciais clientes Exact Spotter.

Para isso, a Exact anunciou a aquisição da startup brasileira Resultys, especializada em análise de big data e formação de bancos de dados financeiros públicos. A Resultys é parceira da Exact Sales desde 2017 e, de acordo com a startup, seu banco de dados, que reúne informações de 20 milhões de empresas no Brasil, como número de funcionários e receita estimada, já está integrado ao Exact Spotter.

LEIA TAMBÉM: O que vem depois da transformação digital? COO da SAP Brasil responde em entrevista ao LABS

Os dados coletados pela Resultys são provenientes de publicações de mídia social e informações disponibilizadas pela Receita Federal, com anuência das empresas e, segundo a Exact, já dentro da nova legislação de proteção de dados do país.

Além dessa nova camada de informações que vem da aquisição da Resultys, a ferramenta possui outras duas: uma de dados coletados pelos parceiros de vendas e marketing da Exact, como HubSpot, Resultados Digitais e LeadLovers; e outra camada com informações coletadas por meio de entrevistas e contato direto com clientes em potencial.

“Quando conversamos com um cliente, temos uma estrutura de conversa que segue uma lógica de perguntas e essas perguntas coletam dados. São dados técnicos, situacionais e profundos que alimentam a ferramenta e geram um diagnóstico. Essas três camadas se cruzam e geram inteligência por meio de machine learning”, explica o co-fundador e CEO da Exact Sales, Théo Orosco.

Fundada por Orosco e Felipe Roman, a Exact Sales ganhou participação de mercado ao direcionar sua plataforma para uma etapa do processo de negócios que antes era mal atendida por ferramentas de tecnologia: pré-vendas.

LEIA TAMBÉM: Rodrigo Baer, da Redpoint eventures: “Um unicórnio na América Latina é apenas consequência da solução de um grande problema”

Mais comum em empresas que oferecem produtos e serviços de alto valor para outras empresas (B2B), a pré-venda procura filtrar os clientes potenciais, de modo que só avancem no processo comercial os que estiverem tecnicamente prontos e no momento certo para comprar.

Hoje, de acordo com a própria Exact, suas soluções são adotadas por mais de 2 mil empresas de vários tamanhos, incluindo BASF, Philips e Thomson Reuters.

Orosco disse que outra aquisição deve ser anunciada no início de 2020 e que outras operações devem ocorrer nos próximos 15 meses, sempre com foco em melhorar a plataforma e torná-la mais inteligente e capaz de tomar decisões automatizadas. O segundo objetivo dos próximos meses será, paralelamente, aumentar a força de vendas da Exact com foco em empresas de médio porte.

É também durante os próximos meses que a empresa deve se preparar para uma internacionalização voltada para a América Latina e os Estados Unidos. “Como já trabalhamos com players internacionais, como SAP e Peixe Urbano, eles nos pedem para internacionalizar o software. Portanto, nos próximos meses, devemos fazer isso, mas não prospectaremos novos clientes estrangeiros antes do final desta rodada. (de 15 meses) “, explica Orosco.